Inovação

Análise completa do mercado de perfumes global

O mercado de perfumes global fica bem à frente do mercado de beleza mais amplo, proporcionando crescimento positivo consistente e uma trajetória ascendente quase inabalável.

Ultrapassando a linha de base de beleza e cuidados pessoais, um feito alcançado por cosméticos e fragrâncias de cores, os perfumes experimentaram um renascimento em mercados maduros diante de um novo desejo do consumidor de se diferenciar e, ao mesmo tempo, conquistando novos adeptos em países emergentes em rápida evolução.

Mercado de perfumes global

A divergência de valor e crescimento de volume cresceu mais forte nos últimos anos. Parte dessa desigualdade foi resultado da inflação nas nações latino-americanas. No entanto, a maioria se enquadra no âmbito do serviço premium e do crescimento dos preços unitários médios graças a um nicho redefinido do nicho de prêmios, que via fragrâncias posicionadas como uma peça de investimento, favorecendo uma mentalidade de “menos é mais”.

Regionalmente, os consumidores da Europa Ocidental, como um coletivo, representam a coorte de fragrâncias mais valiosa. Em termos de mercado individual, os EUA, seguidos pelo Brasil, reivindicaram o reconhecimento das maiores nações de fragrâncias.

Um artigo de “New York Times” de 2009 estima que a indústria de perfumaria fatura anualmente entre 25 e 30 bilhões de dólares. O artigo afirma que 83% das mulheres usam perfume ocasionalmente e 36% usam perfume todos os dias. Esta indústria de potência deve seu sucesso ao marketing extenso, altas margens de lucro e direcionamento cuidadoso dos clientes.

Quer saber mais sobre o mercado de perfumes? Então basta continuar a leitura do artigo!

Margem de lucro

Fazer perfume é um processo que requer ingredientes baratos, muitas vezes produzidos em laboratório e pouca sobrecarga. Uma razão pela qual tantas empresas não relacionadas gravitam em torno da indústria de fragrâncias é por causa das altas margens de lucro associadas a ela. O perfume é um bem de consumo que grande parte das pessoas não fica sem de modo algum! Esse é um dos motivos que fazem o mercado de perfumes ser tão forte em todo o mundo.

Um artigo do “Daily Mail” no Reino Unido explica que o preço de venda do perfume dá à empresa 95% de lucro, com apenas 3% do custo indo em direção à produção e ingredientes reais. Assim, Abercrombie & Fitch, Gap e Burberry são apenas algumas empresas que expandiram sua linha de produtos para incluir perfumes como forma de impulsionar suas vendas.

Marketing e Reconhecimento de Marca

Um dos pontos de venda mais fortes do perfume é a sua marca. Consumidores que não podem pagar um par de sapatos Armani ou uma bolsa Burberry podem comprar o perfume da empresa para obter a mesma sensação de satisfação. Os nomes de marcas são frequentemente reforçados pela representação de celebridades também.

Sarah Jessica Parker, Mariah Carey, Britney Spears e Sean Puffy Combs são apenas algumas das estrelas com sua própria linha de fragrâncias. Constance Classen, David Howes e Anthony Synnott, autores de “Aroma: A História Cultural do Olfato”, afirmam que a imagem visual é outra parte integrante do marketing de perfumes. Os anunciantes tentam encapsular o cheiro do perfume com imagens relacionadas ao olfato, incluindo flores e paisagens. A forma da garrafa é outro ponto de venda do perfume.

Preferências do Consumidor

As preferências do consumidor são outro componente de uma análise de marketing de perfumes. As empresas visam quais grupos de consumidores são mais atraídos por certos aromas. Por exemplo, um grupo demográfico mais velho pode preferir um perfume de almíscar que incorpore fragrâncias mais ricas de sândalo e jasmim, enquanto os adolescentes podem optar por fragrâncias mais leves que dependem de frutas cítricas e florais.

Uma empresa preocupada com o meio ambiente que vende produtos de banho veganos pode criar um perfume para seus clientes sem testes em animais ou produtos químicos sintéticos como parte de sua estratégia.

Tendências do mercado de perfumes

Uma tendência no mercado de perfumes é a personalização. Várias empresas oferecem aos clientes a opção de fazer sua própria fragrância com base em seus odores desejados ou até mesmo com base em traços de personalidade. Essa tendência no mercado de perfumes coloca menos controle com as empresas e dá mais flexibilidade ao consumidor.

Outra tendência das últimas duas décadas é dar mais seleções de fragrâncias aos homens. Jennifer Craik, autora do livro “The Face of Fashion”, explica que o nicho de mercado masculino usa a técnica publicitária do literalismo: nomes de perfumes para homens incluem L’Homme e Pour Lui.

O perfume masculino inclui menos fragrâncias florais e usa mais aromas de ervas. As garrafas para fragrâncias masculinas são muito menos curvilíneas e tendem a incorporar tampas mais grossas e garrafas mais fortes.

Como você observou, é muito importante entender o mercado de perfumes para conseguir realmente compreender tudo o que está por trás dessas fragrâncias. O mercado de perfumes é muito importante para praticamente todos os países do mundo e por isso nunca pode ser deixado de lado.

Comment here